6 PASSOS PARA USAR NOSSOS FRACASSOS A NOSSO FAVOR

O que uma bola de basquete pode nos ensinar sobre Fracassos e Sucesso?

[images style=”0″ image=”http%3A%2F%2Fignicaogp.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2015%2F01%2Fbasketball.jpg” width=”1024″ align=”center” top_margin=”0″ full_width=”Y”]

Continue lendo este e mail e você já já saberá.

“Falhei mais de 9000 arremessos na minha carreira.
Perdi quase 300 jogos.
Vinte e seis vezes fui escolhido para fazer o arremesso decisivo e errei.
Falhei várias e várias vezes seguidas durante a minha vida.
E foi por causa disso que me tornei um vencedor.
MICHAEL JORDAN
Com a bola de basquete, Michael Jordan falhou inúmeras vezes.
E com nossos projetos, trabalho, entregas e compromissos? Quantas falhas e erros já cometemos? Sim, falhas, fracassos e erros são inevitáveis para todos nós. Porém podemos responder de uma forma diferente e aprender com eles.

Abaixo seguem 6 passos para tornar seus fracassos a seu favor:

  1. Reconhecer o erro: Não temos como evitar o óbvio. O primeiro passo é reconhecer que falhamos, que não funcionou, que não entregamos no prazo, que não calculamos o risco… Temos que estar dispostos a dizer: “Isso falhou sim.”  ao invés de persistir em defender o erro.
  2. Assumir a responsabilidade pelo erro: Mais do que meramente reconhecê-lo, precisamos assumir nossa parte no fracasso. Responsabilizar os outros pode até minimizar a culpa para o nosso ego, porém não vai nos deixar ir além do que deu errado e não vai nos levar adiante. 
  3. Lamente (se necessário): Alguns erros são coisas simples, outros podem ser grandes e trazer desilusões emocionais. Não há nada de errado em ser verdadeiro com seus sentimentos no meio de uma decepção. Angústia pode ser, muitas vezes, uma parte natural de nos ajudar a superar uma situação.
  4. Aprenda com o erro: Uma vez que estivermos de frente com nossas falhas, podemos começar a analisá-las para descobrir o que deu errado e por quê. Sempre há aprendizado no meio de um fracasso.
  5. Ajuste seu comportamento: O Aprendizado leva à ação. Uma vez que aprendemos com nossos erros, podemos agir de forma a minimizar ou mesmo ultrapassá-lo daqui para frente. Assim, os erros sempre servem para nos fazer melhor, se nós permitirmos, é claro!
  6. Siga para o próximo projeto: O fracasso é parte da vida. O sucesso também. Um processo como este pode reformular nossas falhas e assim podemos adotá-lo como boa prática, e até mesmo como fórmula para o sucesso. Sempre tente de novo, várias e várias vezes! (Lembre do Michael Jordan, de quantas vezes ele tentou e do sucesso que fez!)
Como diz o ditado, errar é humano. Se num primeiro momento você não conseguir… você é normal. Podemos trabalhar com nossos erros, superá-los e deixar que eles alimentem nosso sucesso.

Pergunta
: Quantos erros ou fracassos você experimentou recentemente e o que você aprendeu com eles?

Quer Ficar Sempre Atualizado?

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>

Sobre Danielle Ballester

Gerente de Projetos certificada pelo PMI® e Coach de Liderança e Produtividade, acredita que os sonhos podem ser realizados quando ACREDITAMOS. Basta somente definir o ESCOPO, elaborar o PLANO DE PROJETO e AGIR.
Atua com Desenvolvimento de Sistemas há 11 anos, Professora Universitária nas áreas de Gerenciamento de Projetos e TI e cofundadora do IGNIÇÃO GP, um projeto que acredita no potencial humano e ajuda profissionais a ingressar e alavancar suas carreiras em gerenciamento de projetos.

2 Comentários

  1. Nestor Albuquerque

    Gostei do artigo, e fui subscrever para receber mais – o link dá erro … podem verificar?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>